Vender não é pra mim

Vendedor chateado - Events Promoter

Hoje em dia, vender é não só uma necessidade como uma possibilidade real de sucesso.

Muitas pessoas enxergam no empreendedorismo uma oportunidade de adquirir autonomia e independência profissional e financeira. O problema é que empreender e vender são praticamente sinônimos. Toda ideia de negócios deve ser comunicada às pessoas, e é aí que surgem os obstáculos. Dizer ao público o quanto o seu produto ou serviço é essencial às suas vidas e ser capaz de conduzir negociações são tarefas praticamente impossíveis para algumas pessoas.

Ao contrário das crenças mais comuns, vender não é um dom. De fato, é uma tarefa que requer habilidades específicas, como objetividade, persuasão, bom domínio da linguagem e aquela simpatia que sempre ajuda. O lado bom é que qualquer pessoa é capaz de aprender e dominar técnicas de vendas. Não é um dom, é algo que pode ser desenvolvido.

Adquirindo conhecimento

Não há fórmulas mágicas, e qualquer truque de vendas pode dar certo por algum tempo, mas não pra sempre. Abraçar o empreendedorismo é automaticamente investir numa nova profissão, tanto quanto a medicina ou a engenharia. Por isso, é preciso adquirir noções sólidas sobre como exercer essa atividade. Não basta ter um produto ou serviço maravilhoso sem a estrutura e as técnicas adequadas para inseri-lo e desenvolvê-lo no mercado.

Conhecendo o seu ramo

O processo de vender é bastante especializado e diversificado. Produtos, serviços, varejo, atacado, online, offline, para consumidores finais, para outras empresas, enfim, há várias categorias com suas características próprias, que as diferem umas das outras. Depois de adquirir noções gerais sobre vendas, é essencial conhecer a fundo o ambiente do seu negócio, especificamente. Quanto mais você conhecer esse segmento, mais bem preparado estará para convencer as pessoas de que só você tem a solução ideal para seus desejos ou necessidades.

Colocando-se no lugar do cliente

Outro aspecto essencial para quem deseja enriquecer com as vendas é saber se colocar no lugar do cliente. Imagine-se com os problemas e necessidades de seu público e pense naquilo que ele gostaria de ouvir. É importante lembrar que diversas objeções surgem no processo, como “não tenho interesse”, “não tenho dinheiro” ou “estou sem tempo”. Essas e muitas outras “desculpas” serão ouvidas, e é preciso ter bons contra-argumentos sobre como o item que você vende supera esses obstáculos.

Vender, na verdade, é algo que todos fazemos a todo instante. Estamos constantemente buscando convencer as pessoas sobre nossa ideias, e isso não deixa de ser uma “negociação”.

Por isso, deixe de lado a ideia de que “vender não é pra mim”, pois todas as habilidades necessárias podem ser adquiridas. E mais, bons vendedores superam a concorrência e conseguem alcançar resultados incomparáveis em termos de vendas e lucro. E você, está pronto para deixar as crenças antigas de lado e inspirar as pessoas com seu poder de vendas?

Colaborou neste conteúdo: Leandro Marcondes (Experiência de Sucesso)
Publicado por: Events Promoter

Sales Explosion - Blair Singer - 9 e 10 de Fevereiro de 2019 - Events Promoter


Leia também:

Sales Explosion – A faísca que causa uma explosão em vendas

Categorias
Arquivos
Socio Tasking
Socio Tasking